Tratamento da Acne – Mitos I

Olá!

Vou falar-vos de alguns mitos relacionados com a acne, pois sei que estão muito enraizados na nossa cultura e que são responsáveis por  resultados pouco satisfatórios. Relembro, uma vez mais, que a paciência é o segredo e disso percebo bem porque nunca fui paciente e mesmo hoje ainda sofrendo deste problema, estou sempre à procura de soluções milagrosas e instantâneas, por mais que saiba que não existem.

Mas, pronto, sonhar faz bem e é do sonho que o Homem se alimenta.

Então cá vai:

Quanto mais lavar ou secar a pele, melhor será o resultado do tratamento da acne.  Falso

Esta afirmação não poderia ser mais falsa.
 Na realidade, este problema pode ser agravado por limpezas excessivas. Eu sei que é tentador para quem tem a pele oleosa, principalmente no Verão, mas não façam isso. Quanto mais se lava ou se tenta secar a pele, maior será a produção de sebo para equilibrar esta desregulação iatrogénica, o que se reflectirá numa pele mais rapidamente oleosa e, consequentemente, mais propensa a desenvolver acne. Além disso, a camada protectora da pele é destruída e o meio torna-se alcalino, o que facilita a colonização por bactérias responsáveis pela acne.

como-lavar-o-rosto-da-maneira-certa-7

O sol melhora a acne, por isso o ideal é aproveitar o Verão e bronzear, bronzear, bronzear. Falso

A pele melhora a curto prazo devido à

radiação UV que diminui a inflamação e reduz a aparência dos poros. Além disso, o sol causa um bronzeamento da pele, disfarçando as imperfeições, dando a ilusão de melhoria. De realçar que a exposição ao sol excessiva, mesmo que com protecção, causa melasma, envelhecimento precoce e pode provocar o surgimento de cancro cutâneo. Além disso, nas semanas seguintes à exposição solar, a tendência à obstrução dos poros é maior devido ao aumento da espessura epidérmica e à produção aumentada de sebo.

acne-y-sol-1.jpg

Espumas de limpeza são os agentes mais adequados para quem tem acne. Falsoespuma

As espumas são agentes agressivos, por isso quem tem acne (a pele é sensível) pode ficar com a pele mais irritada e piorar o aspeto inflamatório da mesma. Mas porquê? Porque os surfatantes são os responsáveis pela formação de espuma e como são agentes detergentes, removem a oleosidade da pele e a camada protetora da pele, tornam o meio alcalino, predispondo à colonização de bactérias, deixando-a mais vulnerável. Além disso, e como já referido, quanto mais aspeto de limpa e seca a pele tiver, maior será a produção de sebo para tentar colmatar a ausência da oleosidade natural e saudável da pele.

Limpeza com óleos nunca. Falso

Claro que limpar uma pele oleosa com óleo pode parecer um paradoxo, afinal o que queremos é ver-nos livre de toda a oleosidade em excesso. Mas e se vos disser que as impurezas são
geralmente oleosas e que “igual” dissolve “igual” e, neste caso, sem retirar a camada protetora da pele? Assim, já faz sentido, não é? Bem, não aconselho uma limpeza com óleos diária em pessoas a fazerem tratamento para acne grave, mas se tiverem que retirar a maquilhagem e sentirem a pele bastante sensibilizada pelo tratamento, podem optar sem medo por este método. A única ressalva que faço é para nunca usarem óleos minerais pois são comedogénicos, isto é, causam obstrução dos poros e formação de comedões. Além disso, existem estudos (escassos) que mostram que os óleos minerais aumentam a fotossensibilidade da pele.

171-huile-demaquillante-ambiance_1.jpg

Anúncios

Tens olheiras? Aprende a disfarçá-las

 

Olá!

Como estão? Espero que bem porque eu estou ótima! Já pus o sono em dia e sinto-me mais leve que nunca! Olheiras? Já nem sei o que são. Zangaram-se comigo para sempre e juram nunca mais voltar! Sabem o segredo? Ataquei-as com umas boas horas de sono e quando ameaçam voltar, ataco-as com cor!

Exatamente, é o que estão a pensar! O tema de hoje é aprender a disfarçar olheiras.

Mas então o que são?

As olheiras são o aspeto criado pela concentração anormal de vasos sanguíneos ou melanina sob a pálpebra inferior, o que resulta num tom escuro abaixo da região ocular. Além disso, o problema pode ser agravado quando ocorre emagrecimento excessivo, havendo redução da gordura da região malar, o que leva ao aparecimento das chamadas olheiras profundas.

As causas são variadas:

  • Hereditariedade – se a maioria dos familiares tem, a probabilidade de teres é enorme.
  • Sono – noites mal dormidas e/ou número de horas insuficiente.
  • Tensão pré-menstrual – existem alterações vasculares que evidenciam a rede de capilares sob a pele e predispor ao edema da região periorbital (bolsas).
  • Alterações hormonais, emocionais e stress.

Tratamento

O tratamento das olheiras consiste em melhorar o aspeto da pele com uso de cremes, peelings, laser e preenchimento com ácido hialurónico.

Mas e como disfarçar? Vamos lá às regras.

A primeira é identificar a cor das nossas olheiras. Mas qual é a importância? A importância é que vamos usar as cores a nosso favor, usando corretores com cores que anulem a cor das olheiras.

O principio deste tipo de maquilhagem baseia-se nas cores complementares.

As cores complementares são aquelas que estão localizadas no extremo oposto do círculo cromático e, portanto, que se complementam. A cor complementar vai causar mais contraste, ou seja, vai anular a que foi coberta. Para entenderem melhor, vejam o circulo.

img_quais_sao_as_cores_complementares_15083_orig

Se não conseguem identificar a cor das vossas olheiras, devem experimentar corretores com diferentes cores até obterem um resultado o mais natural possível.

Portanto, o primeiro passo é identificar a cor das olheiras e através das cores complementares encontrarem o corretor ideal.

A segunda regra e muito importante é evitar a sobreposição de camadas de maquilhagem pois acentua rugas e a existência de bolsas, além de dar um ar pouco natural e harmonioso.

Agora vocês perguntam: “ah e tal e se usar um corretor do tom da pele?” Se usarmos um corretor com um tom semelhante à nossa pele ou mesmo que seja mais claro (não estamos a fazer a anulação das cores), a cor das olheiras tende a transparecer através do corretor interferindo no resultado final da maquilhagem. Apenas se obterá um bom resultado se o corretor tiver uma cobertura excelente e se a cor das olheiras for muito semelhante ao tom da pele e aviso já que é difícil porque a maioria das pessoas têm olheiras “a sério” e porque a alta cobertura do corretor pode acentuar ainda mais os pequenos defeitos decorrentes da idade.

A terceira regra: saber aplicar o corretor. Não queremos evidenciar as olheiras.

5 (1).png

Deixo-vos algumas sugestões de corretores à venda na Fapex que, geralmente, costuma ter preços mais em conta relativamente aos praticados em lojas físicas.

olheiras.png

50 tons de castanhos – Que tom escolher?

Olaaaaa!

Então ainda se lembram do que falámos no último post? Acertaram! Pintar o cabelo.

Neste post, vou falar especificamente de cabelos castanhos (porque a maioria das portuguesas tem) que precisam de um up no visual, sem mudanças radicais, para esconder os inestéticos (será?) fios brancos.

Digo-vos desde já que acho o cabelo castanho muito versátil pelos vários tons que pode ter e continuar sempre castanho e por estar constantemente na moda, ao contrário dos ruivos e dos loiros que ora se usa mais, ora se usa menos.

Então o primeiro passo é: pintar ao gosto de cada um. Não adianta irmos por regras de que peles brancas ou morenas  ficam melhor com tom claro ou escuro de cabelo se depois não nos vamos sentir bem com o resultado final. Claro que devemos ter em conta o tom da nossa pele, mas também não devemos ficar obcecadas com isso e tentar fazer pandã com tudo e mais alguma coisa. Bom senso é a palavra-chave!

Após o momento de reflexão passaremos então às famosas regras para um resultado natural e harmonioso. Quando me refiro a tons dourados ou avermelhados, quero dizer tons castanhos a “puxar” ao dourado ou ao vermelho e relembrar que apenas vou abordar os diferentes tons que um cabelo castanho pode adquirir.

Tom de pele:

Pele negra– para realçar o tom da pele pode-se optar por fazer luzes douradas em todo o cabelo ou por um castanho acobreado. Os tons dourados ficam muito bem  e são os meus preferidos neste tom de pele. Evitar luzes demasiado claras e californianas marcadas.

Pele morena – combina com todos os diferentes tons de castanho, desde os dourados e acobreados até aos castanhos muito escuros. Pele amarelada combina com tons escuros, mas se a tua vontade é clarear, então o melhor é mesmo consultares um especialista em coloração! Se o subtom tender para o dourado, podes optar sem medo por tons dourados, mas, atenção, pele amarela e cabelo castanho amarelado (posso chamar de castanho?), NUNCA! Pele amarela é diferente de pele dourada e pele e cabelo iguais não ficam bem. Estarei a confundir-vos? Vejam as fotos.

Pele clara e pálida – é favorecida pelos tons castanhos médios e dourados. Evitar tons castanhos acinzentados.

Pele clara e rosada – optar por tons castanhos mais neutros, evitando tons dourados ou avermelhados de forma a neutralizar a cor da pele.

Não irei falar de tons quentes ou frios por não existir consenso e por ser mais importante para a maquilhagem do que para a coloração de cabelo. Apenas é importante ter noção que a pele pode tender para tons dourados, amarelados, rosados ou pálidos.

Idade

Há quem diga que tons mais claros favorecem as mulheres mais velhas e tons mais escuros as mais novas. Se eu concordo? Não, não concordo minimamente com isso, nem acho que se possa generalizar.

Cabelo Castanho

Tons claros

castanho claro.png

 

Tons médios

tons medios.png

 

 

Tons escuros

tons escuros.png

 

 

Tons acobreados/ avermelhados

tons acobreados.png

Então que acharam? gostaram das sugestões?

Quando começar a pintar o cabelo? Ajudaaaaaaa

Olá, meninas!

O post de hoje é a pedido de uma amiga do coração (vês, sou mesmo fixe para ti, miga)! E então qual é o tema? Colorações de cabelo.

Já não estamos a caminhar para novas e os cabelitos brancos começam a aparecer e teimam em ficar. Não tenho ainda razão de queixa, o único fio que encontrei era clarinho e continuo a achar que era loiro hahaha.

Mas nem toda a gente com a minha idade pode ter essa sorte e é precisamente sobre esta temática que irei falar hoje.

Como sabem, a genética é a grande responsável pelo aparecimento de cabelos brancos e quanto a isso não há nada a fazer. Podemos apenas esconder o “problema”, pintando o cabelo.

Mas será que se deve pintar o cabelo só porque se tem 5 ou 6 fios brancos? Em primeiro lugar, devemos, então, ter em conta a idade e os gostos pessoais de cada um. A partir do momento em que se começa a pintar com tinta permanente, geralmente, nunca mais se irá parar e, por isso, a questão que surge é: será que vale a pena começar tão cedo? Tem de se pesar os prós e os contras e analisar se de facto vale a pena. Se a decisão for começar a pintar, surge um novo problema: “que tipo de tinta?”.

Existem várias possibilidades:

Tinta permanente – penetra na fibra capilar, alterando o pigmento, sendo capaz de cobrir os fios brancos e clarear/escurecer a cor do cabelo.

Tinta temporária – apenas colora a parte externa dos fios, sendo aconselhada para quem deseja alterar a cor do cabelo, mas não está segura em relação à cor e ainda para quem quer disfarçar os primeiros fios brancos.

Tonalizante- age na superfície do cabelo e escurece os fios, pintando apenas cerca de metade dos fios brancos e é indicado principalmente para quem quer realçar a cor.

Henna – age apenas na superfície dos fios e está indicada para dar reflexos avermelhados ou acastanhados, não cobrindo os fios brancos.

Portanto, se tens entre 20 e 30 anos (ou mesmo até se já és mais velha) e se tens poucos fios brancos, não pintes com tinta permanente! Tem componentes agressivos para os fios, danificando-os! Além disso, um fio agredido é um fio que quebra com mais facilidade.  À medida que vai crescendo, vai quebrando e o comprimento vai ser sempre o mesmo (o que se ganha de um lado, perde-se do outro).  De qualquer das formas, seja curto ou comprido, o importante é ter fios saudáveis e bem tratados. Uma outra desvantagem é  o retoque da raiz que tem de ser mais frequente e é preciso usar produtos específicos de grande qualidade para cabelos pintados que à partida já são mais caros que os restantes.

Mas os dilemas não acabam aqui. Surge então a grande dúvida: “de que cor pintar?” Pois é, a vida de uma mulher é muito complicada. Se já achávamos que já tínhamos chegado ao cerne da questão, eis que surge um novo desafio. Sim, miga, vou ajudar-te, não te preocupes, mas não pode ser já já porque o post já vai longo e devemos resolver um problema de cada vez!

E assim me despeço com a esperança de te ter ajudado a enfrentar esse grande problema! Ahahaha.

Um grande beijinho para todas vós e em especial a uma das fãs nº 1 deste blog que só por acaso é minha amiga.

Eyeliners – que produtos usar?

Olá, meninas!

Hoje vou falar de um tema muito popular e que certamente vos agradará: cat eye makeup. Quem não gosta de ver olhos bem delineados e marcantes? É uma tendência que voltou em peso e para ficar!

Foram várias as celebridades que imortalizaram o delineado estilo gatinho desde as musas Audrey Hepburn e Sophia Loren até ícones musicais como Madonna e, mais recentemente, Adele.

Não sou a pessoa mais habiliatada para vos ensinar a fazer um “delineado gatinho”, mas sou a pessoa mais indicada para vos mostrar as ferramentas a usarem! Existem eyeliners de todos os preços, com diferentes formas, cores e materiais, o difícil é escolher!

Para aprenderem vejam tutoriais no youtube.com. Existem ótimos “passo-a-passo”.

Então cá vai (os preços podem variar de loja para loja):

eye.png

 

Review EFFACLAR DUO [+] – ACNE

Olá, meninas!

Hoje o assunto é do interesse de mais de metade de todas nós: a acne.

Sei bem que o que é ter de cobrir as imperfeições com maquilhagem e mesmo assim não se sentir confortável. Já tentei alguns tratamentos que, infelizmente, falharam. A minha sorte é que não tenho marcas de acne, apenas manchas que com o tempo (espero eu) irão desaparecer. Aconselho a quem tem este problema a consultarem um dermatologista o mais cedo possível para evitarem marcas que podem nunca mais desaparecer. Existem vários cremes à venda, mas cada pessoa tem uma pele diferente e tem um organismo diferente, o que me poderá fazer bem, pode já não te fazer o mesmo.

O grande segredo é nunca mexer na pele e usar toalhas diferentes a cada 2 dias (o ideal seria trocar todos os dias). Espremer borbulhas jamais! Falo por experiência própria e garanto-vos que só faz com as que as imperfeições durem mais tempo.

Mas vamos lá então ao creme de hoje.

 

Effaclar-Duo----

O que a marca diz: Reduz as imperfeições severas e luta contra o aparecimento das marcas. Tratamento completo com fórmula reforçadas e eficácia anti-imperfeições, graças a Procerad ™, um anti-marcas de ingrediente activo exclusivo. É um gel-creme fresco, 24h hidratação e efeito mate de longa duração. Absorve rapidamente para um acabamento não-colante, não-oleoso. Indicado para imperfeições da pele, poros obstruídos, excesso de sebo. Hipoalergénico. Sem parabenos. Testado sob controle dermatológico.

Ingredientes: AQUA / WATER; GLYCERIN; DIMETHICONE; ISOCETYL STEARATE; NIACINAMIDE; ISOPROPYL LAUROYL SARCOSINATE; SILICA; AMMONIUM POLYACRYLDIMETHYLTAURAMIDE / AMMONIUM POLYACRYLOYLDIMETHYL TAURATE; METHYL METHACRYLATE CROSSPOLYMER; POTASSIUM CETYL PHOSPHATE; ZINC PCA; GLYCERYL STEARATE SE; ISOHEXADECANE; SODIUM HYDROXIDE; MYRISTYL MYRISTATE; 2-OLEAMIDO-1,3-OCTADECANEDIOL; NYLON-12; POLOXAMER 338; LINOLEIC ACID; DISODIUM EDTA; CAPRYLOYL SALICYLIC ACID; CAPRYLYL GLYCOL; XANTHAN GUM; POLYSORBATE 80; ACRYLAMIDE/SODIUM; ACRYLOYLDIMETHYLTAURATE COPOLYMER; PENTAERYTHRITYL TETRA-DI-T-BUTYL HYDROXYHYDROCINNAMATE; SALICYLIC ACID; PIROCTONE OLAMINE; PARFUM / FRAGRANCE

A minha opinião: antes de vos dizer o que eu acho, quero destacar as grandes estrelas deste creme: a niacinamida, que tem atividade anti-inflamatória e neutraliza fatores irritantes para reduzir a intensidade das reações. A piroctona olamina, que ajuda a combater a proliferação bacteriana; LHA (ácido Lactobiónico) e ácido salicílico por suas ações queratolíticas e o  ácido linoléico, componente natural do sebo que regula os queratinócitos.

É um creme que não resseca a pele e que não dá qualquer sensação de desconforto, nem na primeira semana (geralmente a pior), nem nas semanas seguintes. Quando era mais novinha, sentia, de facto, que a minha pele melhorava, mas, atualmente, sinto que já não faz qualquer efeito (pelo menos, sem mais nenhum outro tratamento adjuvante), o que eu atribuo à minha pele ter mudado ao longo dos anos e consequentemente ao tipo de acne. Não significa que na casa dos 20 o creme já não funcione, simplesmente as necessidades da pele são diferentes e isso deve ser tido em conta em qualquer tratamento para a acne. Tenho amigas que tem a mesma idade que eu e adoram. As peles são diferentes. Dois aspetos bastantes positivos: controla a oleosidade ao longo do dia e funciona como um primer. Por isso, o melhor é consultarem um dermatologista para avaliar a vossa pele e o vosso estado de saúde geral, de forma a não usarem cremes que podem não ter qualquer efeito e fazer-vos gastar o vosso tempo e dinheiro.

É uma marca da qual eu gosto muito. Tenho outros cremes da marca que nunca me desiludiram e mesmo este cumpriu a sua função até relativamente há pouco tempo.

la roche posay duo

 

 

Review BC Fibre Force Infusão Fortificante de Micro-Queratinas

Olá!

Hoje vou falar-vos de um produto que faz um autentico milagre nos fios extremamente estragados: BC Fibre Force Infusão Fortificante de Micro-Queratinasschwarzkopf-bc-bonacure-fibre-force-infusion

O que a marca diz: BC Fibre Force Infusão Fortificante de Micro-Queratinas reestrutura intensamente o cabelo extremamente danificado. Penetra profundamente no cabelo enfraquecido e recupera-o imediatamente. Este é um produto exclusivo de salão num formato monodose para cabelo danificado, enfraquecido e com excesso de serviços técnicos. Usar uma vez por semana durante 4 semanas para casos mais graves e antes de um serviço técnico (regime de preparação).

Aplicação: Aplicar sobre cabelo seco com uma toalha. Para ser usado em combinação com os outros produtos BC Fibre Force para um efeito otimizado.

Informação técnica conselho profissional

  • pH 3.5 – 4.5
  • Nível de cuidado 3
  • Não enxaguar

A minha opinião: Comprei este sérum porque achava que o meu cabelo estava estragado, mas estava enganada. O meu cabelo estava apenas um pouco mais seco do que o habitual. E como cheguei a esta conclusão? Porque experimentei o sérum com função reconstrutora, tal como a marca sugeria, e após secar o cabelo senti-o extremamente duro e áspero, o que só acontece quando os fios não precisam de tal processo ou pelo menos de algo tão concentrado. É realmente muito potente. De referir que não tem função de hidratação ou nutrição, mas sim de reconstrução.  Como não precisava das restantes embalagens, dei-as à minha tia que tem o cabelo fino e estragado pelas excessivas pinturas e alisamentos e ela adorou e eu comprovei que, de facto, o efeito fantástico! O cabelo que antes tinha um aspeto semelhante a palha transformou-se num cabelo sedoso e brilhante. Sinceramente não sei durante quanto é que ela usou, mas sem qualquer dúvida que o cabelo melhorou imenso. Não me lembro o preço, mas não era nada de exorbitante. Acho que é um ótimo produto para quem tem o cabelo muito estragado.

serum sc

Review ANTHELIOS XL SPF 50+ GEL-CREME TOQUE SECO ANTI-BRILHO

Olá!

Hoje vou falar-vos do protetor solar de rosto que uso atualmente.

 

LP16361_big.png

O que a marca diz:  Para pele sensível ou sujeita a intolerâncias solares, habitualmente designadas por alergias solares. Prevenção de manchas pigmentares devidas ao sol (pano de gravidez, fotossensibilizações…). Intensidade solar extrema.

Ótima proteção UVB FPS 50+ e proteção reforçada contra raios UVA (mais estrita do que a recomendação europeia de produtos de proteção solar), graças ao seu sistema filtrante patenteado, com Mexoplex®. Textura toque seco: dupla ação anti-brilho, absorção imediata, acabamento ultra-seco, não deixa marcas brancas. Ideal para pele mista a oleosa. Sem parabenos. Muito resistente à água. Não Comedogénico.

Ingredientes: aqua / water; homosalate; ethylhexyl salicylate; silica; styrene/acrylates copolymer; ethylhexyl triazone; bis-ethylhexyloxyphenol methoxyphenyl triazine; drometrizole trisiloxane; butyl methoxydibenzoylmethane; aluminum starch octenylsuccinate; octocrylene; c12-15 alkyl benzoate; glycerin; pentylene glycol; potassium cetyl phosphate; dimethicone; perlite; propylene glycol; acrylates/c10-30 alkyl acrylate; crosspolymer; aluminum hydroxide; caprylyl glycol; disodium edta; inulin lauryl carbamate; isopropyl lauroyl sarcosinate; peg-8 laurate; phenoxyethanol; stearic acid; stearyl alcohol; terephthalylidene dicamphor sulfonic acid; titanium dioxide [nano] / titanium dioxide; tocopherol; triethanolamine; xanthan gum; zinc gluconate

A minha opinião: é um protetor com o qual me sinto confortável, de facto não deixa marcas brancas, mas relativamente a toque seco não cumpre o que promete. Não acho que a absorção seja imediata nem acho que mesmo após a absorção o acabamento seja ultra-seco. Um ponto positivo a realçar é que não deixa qualquer brilho e não predispõe ao aumento da oleosidade ao longo do dia. A maquilhagem fica intacta, o que eu acho muito importante.

la roche posay protetor

Video incrível sobre a importância do protetor solar

Olá!

No Verão, o sol está sempre a chamar por nós, o que nos torna mais susceptíveis aos danos provocados pelo mesmo.

Poderia escrever mil razões pelas quais deveriam usar SEMPRE o protetor solar, mas como uma imagem vale mais do que mil palavras, deixo-vos um vídeo que aconselho a verem até ao fim. São 3 minutos que jamais esquecerão quando estiverem prestes a sair de casa. É um video do Thomas Leveritt que vale mesmo a pena ver!