Acne – rotina + produtos

Olá!

Este post é dedicado a quem tem acne, tal como eu.

Vivo com este problema há mais de 10 anos e estou sempre à procura de produtos novos para a minha rotina. A minha acne é ligeira, mas mesmo assim é desconfortável. Uns dias com a pele melhor, outros dias pior. Nenhuma acne é igual à outra. O segredo é ir testando e ver que produtos se adequam mais a cada tipo de pele e às necessidades a cada momento. A rotina e os produtos apresentados são indicados para quem não faz nenhum tipo de tratamento sistémico, ou seja, para quem não toma nenhum tipo de comprimido porque as necessidades da pele nesses casos seriam diferentes.

Em primeiro lugar é preciso ter algumas noções básicas acerca da acne e dos produtos que devem ser usados.

  1. Não devemos limpar a pele mais do que 2 vezes por dia. Se o fizermos, estaremos a tirar a oleosidade natural da pele, a deixá-la mais vulnerável às agressões e a provocar um aumento da produção da oleosidade natural. Assim, ao invés de estarmos a acabar com a oleosidade e brilho excessivos, estaremos a aumentá-los. Devemos escolher agentes de limpeza suaves e de preferência sem sulfatos, fugindo, principalmente, de espumas de limpeza, pois tem sulfatos e outros componentes que ressecam a pele.
  1. Podemos fazer uma limpeza/desmaquilhagem com óleos, mas claro que estes devem ser adequados à pele oleosa. Ao contrário do que pensam, promovem uma limpeza suave sem deixar a pele mais oleosa. O principio que aqui se aplica é que semelhante dissolve semelhante e sendo as impurezas do rosto oleosas, estas serão dissolvidas no óleo e ao juntar água no final, tudo será arrastado pela mesma, sem ser necessário esfregar excessivamente o rosto. Não devemos esquecer que a pele acneica é antes de mais uma pele bastante sensível e por isso não devemos jamais eliminar a sua barreira protetora que é a oleosidade, que lhe confere um mecanismo de proteção contra a desidratação.
  1. Sérum – Podem usar um sérum hidratante, mas o seu uso é mais questionável, principalmente se não estiver a fazer qualquer tratamento tópico mais agressivo como os retinoides tópicos ou o adapaleno, pois um bom creme hidratante é geralmente suficiente. Uma outra opção é um sérum anti-manchas ou para equilibrar a pele. Não esquecer que depois de limpar e secar a pele, devemos usar um sérum, a seguir o creme diário e só depois o protetor solar.
  1. Não usar cremes de rosto matificantes (não estou a falar de produtos de maquilhagem, são assuntos diferentes). Porquê? Porque têm componentes que secam a pele e com o seu uso diário entramos num ciclo como o referido. Optar por produtos que digam oil free.
  1. O Protetor Solar deve ser usado sempre e exposição solar excessiva deve ser evitada. O sol pode ter um efeito inicial “secante”, é verdade, mas passado esse efeito inicial, as borbulhas voltam em força. Além disso, como as borbulhas estão geralmente associadas a processos inflamatórios e estes predispõem a uma maior produção de melanina (daí as manchas associadas), uma exposição solar sem proteção acelera e agrava este processo e a formação de manchas tende a piorar e a eternizar-se.
  1. Tratamento localizado – a variedade é grande, mas alguns dos produtos necessitam de receita médica. Mas mais que uma receita, necessitam de um aconselhamento que só os médicos sabem dar. A tua pele não é igual à do vizinho e no que nele pode resultar, em ti pode já não fazer nada. Além disso, usar cremes sem qualquer aconselhamento médico pode levar a que se gaste mais dinheiro em produtos que à partida qualquer médico veria que não fariam qualquer efeito.
  1. Máscaras/cremes esfoliantes ou com efeito peeling com AHA ou ácido salicílico. Aqui aplica-se a mesma regra. Tudo que em excesso faz mal. Devem ser usadas 1 a 2 vezes por semana, mas verifiquem sempre as instruções do produto.
  1. Secar o rosto com toalhas diferentes todos os dias. Aconselho toalhas de rosto bastante macias, que não agridam a pele e que sejam pequenas para facilitar a sua troca e lavagem. Apesar de parecer algo fútil, não o é, acreditem! Em primeiro lugar, as toalhas que usamos para as mãos não devem ser as mesmas para o rosto pelas impurezas e microorganismos acumulados. Em segundo lugar, mesmo as toalhas que são apenas para o rosto estão expostas a poeiras ou outras impurezas quer queiramos quer não, o que pode agravar a condição da pele. Tal principio aplica-se a todos os tipos de pele, mas em especial à pele acneica, que é uma pele muito sensível e que merece uma atenção redobrada.

                                   Exemplo de uma rotina

                                                 Limpezalimpeza.png

 

                                                 Sérum

serum.PNG

 

                                       Cremes hidratantes

creme hidratante.png

 

                                         Tratamento Tópico

tratamento localizado.png

 

                                      Protetores Solares

protetor.PNG

 

                             Cremes/máscaras esfoliantes

cremesmáscars esfoliantes.png

Anúncios

Review Máscara Peeling Glycolic

Olá, meninas!

Hoje vou falar-vos de um dos meus produtos preferidos de sempre!

Tenho de admitir: sou fã incondicional da Caudalie, mas também vos digo já que todos os produtos, inclusive este, são todos pagos com o meu dinheiro, nem estou a ser paga para falar bem só porque sim. Simplesmente gosto muito desta marca!

Então qual é o produto maravilha? Máscara Peeling Glycolic

181-masque-peeling-glyco-ambiance_1 (1)

O que é? Máscara de tratamento efeito peeling indicada para uniformizar e controlar a oleosidade. Ideal para todos os tipos de pele.

 Que diz a marca: “A Máscara Peeling Glycolic destina-se a quem tem uma tez baça e que procuram obter uma pele perfeita. Este cuidado “”flash de beleza”” faz o trabalho de um esfoliante e de um peeling para renovar a pele. A sua fórmula contém 85,7% de ingredientes de origem natural. Aplicar 2 vezes por semana esta máscara de rosto na pele seca, evitando o contorno dos olhos. Deixar atuar 10 minutos e passar seguidamente por água.”

Composição: NGREDIENTS : AQUA (WATER), GLYCERIN*, ISONONYL ISONONANOATE, SORBITAN STEARATE*, GLYCERYL STEARATE SE*, GLYCOLIC ACID, CETYL PALMITATE*, CETEARYL ALCOHOL*, VITIS VINIFERA (GRAPE) SEED OIL*, HYDROXYETHYL ACRYLATE/SODIUM ACRYLOYLDIMETHYL TAURATE COPOLYMER, PANTHENOL, SQUALANE*, CETYL ALCOHOL*, DIMETHICONE, SODIUM HYDROXIDE, CI 77891 (TITANIUM DIOXIDE), BISABOLOL*, PARFUM (FRAGRANCE), BENZYL ALCOHOL, POLYSORBATE 60*, SODIUM PCA*, CAPRYLYL GLYCOL, ARGININE, PALMITOYL GRAPEVINE SHOOT EXTRACT*, TOCOPHEROL*, CARBOMER, DEHYDROACETIC ACID, SODIUM PHYTATE*, PAPAIN*, ACRYLATES/C10-30ALKYLACRYLATECROSSPOLYMER, 1,2-HEXANEDIOL, ALGIN. (100/118) * Origine végétale – Plant origin – Origen vegetal – Origem vegetal – Origine vegetale – Pflanzlichen Ursprungs.

Como usar: Aplicar uma camada espessa no rosto limpo, evitando a área dos olhos. Deixar agir por 10 minutos e lavar. Usar duas vezes por semana.

O que eu digo: Simplesmente fantástica! A minha pele é oleosa com tendência acneica, mas muito sensível e reage muito bem a este produto. Noto que a pele fica mais suave e com as manchas atenuadas cada vez que a uso. É um produto muito eficaz. A grande estrela é o ácido glicólico e a papaína que promovem uma esfoliação suave e renovação da pele. Eu uso e a minha mãe usa, mesmo tendo a pele seca, e adora. Esta máscara promove uma renovação suave, atenuando marcas de expressão e manchas. No início sente-se um certo ardor, mas não se preocupem porque é normal. Não deixem mais do que 10/15 minutos porque senão a pele pode reagir mal e em vez de ficarem com uma pele suave e luminosa, pode acontecer precisamente o contrário. Por isso, o segredo é cumprir exatamente o que as marcas dizem. Já uso há cerca de 1 mês e os resultados têm sido muito bons. Quando acabar, volto a comprar de certeza.

Ingredientes importantes a salientar:

  • ácido glicólico
  • papaína
  • viniferina

De realçar que não contém:

  • Parabenos
  • Sulfato
  • Ftalatos
  • Óleos minerais

Preço na loja oficial: 22,70 euros

 

 

Pele desidratada – rotina + produtos

Olá, meninas!

Tal como vos prometi, hoje irei falar dos cuidados a ter com uma pele desidratada.

Então ainda se lembram das características de uma pele desidratada? Eu relembro-vos.

Uma pele desidratada é uma pele que precisa de água e, como sabem, a água é o principal elemento constitutivo da pele, daí ser tão importante bebermos cerca de 1 a 2 litros de água por dia.

Quando existe uma alteração na função barreira da pele, que pode ser de origem externa (devido a fatores ambientais, etc.) ou devido a uma alteração endógena (alterações hormonais, como hipotireoidismo e menopausa), a pele pode torna-se desidratada, ou seja, com carência de água. Tal pode acontecer quer em peles secas, quer em peles oleosas. A pele fica baça, sem luminosidade, pode dar a sensação de repuxamento, descamação e ficar com linhas de desidratação.

Então que cuidados devemos ter?

A pele desidratada deve ser lavada com pouca frequência e devem ser utilizados, preferencialmente, sabonetes e loções de limpeza suaves. Quando refiro que a pele deve ser lavada com pouco frequência não estou a dizer que devem tomar banho uma vez por semana, ATENÇÃO! Quero dizer que dois banhos por dia são perfeitamente aceitáveis, mas mais que isso é um erro! Tomar banho todos os dias, SEMPRE!

De qualquer das formas, nesta publicação, apenas referir-me-ei aos cuidados do rosto, que deve ser lavado de manha e à noite. Deve ser evitada água quente e para secar usar toalha macias.

Um outro cuidado em qualquer tipo de pele é o uso de tolhas sempre limpas e de uso exclusivo para o rosto. Nada de limpar o rosto com a mesma toalha com que se limpam as mãos e de preferência trocar de toalha dia sim, dia não. Isto aplica-se principalmente a peles oleosas com tendência acneica! Em relação às tolhas e porque já sei que devem estar a pensar que vão ter de fazer um grande investimento na compra de toalhas e em lavagens, o que vos quero aconselhar é a comprar toalhas pequenas e suaves. Há várias lojas que vendem tolhas económicas e macias, como a PRIMARK (3 toalhas por 3 euros). Não precisam de gastar rios de dinheiro, mas vão ver que se tiverem estes cuidados básicos, a vossa pele seja de que tipo for, vai melhorar muito!

A base de qualquer ação é o uso de um hidratante diário e o composto ativo mais importante é o ácido hialurónico, que é uma substância presente naturalmente na pele normal e que possui grande capacidade de reter água.

Podem procurar outros ativos também, como ativos lipídicos: ureia, manteiga de karité ou os à base de ómegas 3 e 6, pois são capazes de penetrar na pele para recompor a barreira natural de proteção, além de formarem um filme na superfície cutânea, que impede a saída de água e protege das agressões externas.

Em resumo, procurem produtos com: o ácido hialurónico, ureia,  vitamina B5 (pantenol), glicerina e vitamina B3 (niacinamida).

Manhã (por esta ordem):

Limpar a pele –  antes de mais, água não chega! Antes de ir dormir, usam cremes (se não usam, deviam!) e com água não dá para retirar completamente os resíduos. Evitem produtos que façam espuma, pois são mais agressivos e tudo o que queremos é manter a pele íntegra, sem agredi-la mais ainda. Além disso, contêm surfatantes que alcalinizam a pele e a torna mais propensa a ganhar bactérias. Uma pele desidratada já é uma pele bastante agredida e sensível.

sérum – procurem um que seja bastante hidratante. Caso tenham outro problema na pele, como rugas podem ser sempre usar dois tipos de séruns, sendo que a ordem de aplicação é do menos denso/oleoso para o mais denso/oleoso, de forma a que tudo seja absorvido.

creme de olhos – não descurem deste cuidado, principalmente se já têm mais de 25 anos. A região à volta dos olhos tem de ser bastante hidratada, quer tenham pele desidratada ou não. Mais vale prevenir do que remediar.

creme de dia – creme especifico para o tipo de pele.

Protetor solar de rosto – com fator de proteção no mínimo 30. Sei que existem cremes de dia ou bases que já têm fator de proteção, mas toda a proteção é importante e, por isso, mesmo assim, não saltem este passo.

Maquilhagem

Noite:

Desmaquilhar  e limpar a pele – se usarem maquilhagem à prova de água devem ter produtos adequados para a remover, claro! O ideal é fazer dois tipos de limpeza: uma para remover bem a maquilhagem e outra para limpar a pele em profundidade sem agredir. Meninas, não tenham preguiça! É muito importante lavar a pele antes de ir dormir e tirar toda a maquilhagem e resíduos acumulados ao longo do dia. Primeiro então desmaquilhar com óleos ou cremes próprios e de seguida lavar com um creme lavante que agride menos a pele.

Sérum – as recomendações voltam a ser as mesmas que em cima.

creme de olhos – as mesmas regras que se aplicam de manhã.

creme de noite – apropriado ao tipo de pele. À noite já se podem usar cremes mais fortes (como despigmentantes).

Óleo – É mais apropriado usá-los à noite pela consistência e a aparência brilhante e gordurosa que dão à pele, criando uma barreira para evitar a evaporação de água.

Extras: máscaras hidratantes – é a parte que eu mais gosto. Sinto a pele mesmo hidratada! Pode ser feito duas vezes por semana.

Exemplos:

Limpar e desmaquilhar

limpar

Sérum

seruns.png

Cremes hidratantes

cremes hidratantes.png

Creme de olhos

creme olhos

óleosoleo.png

Máscaras

mascaras.png