Tens olheiras? Aprende a disfarçá-las

 

Olá!

Como estão? Espero que bem porque eu estou ótima! Já pus o sono em dia e sinto-me mais leve que nunca! Olheiras? Já nem sei o que são. Zangaram-se comigo para sempre e juram nunca mais voltar! Sabem o segredo? Ataquei-as com umas boas horas de sono e quando ameaçam voltar, ataco-as com cor!

Exatamente, é o que estão a pensar! O tema de hoje é aprender a disfarçar olheiras.

Mas então o que são?

As olheiras são o aspeto criado pela concentração anormal de vasos sanguíneos ou melanina sob a pálpebra inferior, o que resulta num tom escuro abaixo da região ocular. Além disso, o problema pode ser agravado quando ocorre emagrecimento excessivo, havendo redução da gordura da região malar, o que leva ao aparecimento das chamadas olheiras profundas.

As causas são variadas:

  • Hereditariedade – se a maioria dos familiares tem, a probabilidade de teres é enorme.
  • Sono – noites mal dormidas e/ou número de horas insuficiente.
  • Tensão pré-menstrual – existem alterações vasculares que evidenciam a rede de capilares sob a pele e predispor ao edema da região periorbital (bolsas).
  • Alterações hormonais, emocionais e stress.

Tratamento

O tratamento das olheiras consiste em melhorar o aspeto da pele com uso de cremes, peelings, laser e preenchimento com ácido hialurónico.

Mas e como disfarçar? Vamos lá às regras.

A primeira é identificar a cor das nossas olheiras. Mas qual é a importância? A importância é que vamos usar as cores a nosso favor, usando corretores com cores que anulem a cor das olheiras.

O principio deste tipo de maquilhagem baseia-se nas cores complementares.

As cores complementares são aquelas que estão localizadas no extremo oposto do círculo cromático e, portanto, que se complementam. A cor complementar vai causar mais contraste, ou seja, vai anular a que foi coberta. Para entenderem melhor, vejam o circulo.

img_quais_sao_as_cores_complementares_15083_orig

Se não conseguem identificar a cor das vossas olheiras, devem experimentar corretores com diferentes cores até obterem um resultado o mais natural possível.

Portanto, o primeiro passo é identificar a cor das olheiras e através das cores complementares encontrarem o corretor ideal.

A segunda regra e muito importante é evitar a sobreposição de camadas de maquilhagem pois acentua rugas e a existência de bolsas, além de dar um ar pouco natural e harmonioso.

Agora vocês perguntam: “ah e tal e se usar um corretor do tom da pele?” Se usarmos um corretor com um tom semelhante à nossa pele ou mesmo que seja mais claro (não estamos a fazer a anulação das cores), a cor das olheiras tende a transparecer através do corretor interferindo no resultado final da maquilhagem. Apenas se obterá um bom resultado se o corretor tiver uma cobertura excelente e se a cor das olheiras for muito semelhante ao tom da pele e aviso já que é difícil porque a maioria das pessoas têm olheiras “a sério” e porque a alta cobertura do corretor pode acentuar ainda mais os pequenos defeitos decorrentes da idade.

A terceira regra: saber aplicar o corretor. Não queremos evidenciar as olheiras.

5 (1).png

Deixo-vos algumas sugestões de corretores à venda na Fapex que, geralmente, costuma ter preços mais em conta relativamente aos praticados em lojas físicas.

olheiras.png

Anúncios