Queratina: amiga ou inimiga?

Olá, meninas!

Tal como muitas de vós, também eu já me perguntei porque razão o cabelo ficava tão duro após o uso de produtos com  queratina, principalmente máscaras ou leave-in.

Pois bem, vou explicar-vos o motivo!

A queratina é um constituinte do cabelo. Quando o cabelo é submetido a processos químicos ou físicos agressivos, ocorre perda de queratina e o cabelo torna-se danificado, frágil e elástico. É nesta fase que existe a necessidade de usar produtos com queratina.

Existem vários tratamentos com queratina que vão desde a nanoqueratinização á reconstrução capilar, no entanto, o ideal é seguir um cronograma adequado às necessidades de cada cabelo. A queratina impede a desidratação do fio, revestindo o fio e selando as cutículas.

Mas e se abusarmos da queratina?

cabelo mb_16421_250_375

Os fios ficam enriquecidos e ásperos pelo excesso de queratina, estando mais propensos à quebra. O cabelo pode ficar com uma aparência muito feia, levando a que os produtos, por exemplo, a máscara seja a culpada. Não, a máscara não é a culpada! Quem tem culpa és tu por exagerares num tratamento que o teu cabelo já não precisa! Doi-te a cabeça, que fazes? tomas um analgésico. Deixa de te doer, que fazes? Deixas de tomar, certo? Com o cabelo é a mesma coisa. Damos aquilo que ele precisa, nem a mais, nem a menos!

Uma vez nesse estado não há muito a fazer. A paciência é a palavra-chave. Mas fazer hidratações e nutrições, principalmente com óleos vegetais, ajudam muito a recuperar o cabelo. Por isso, já sabem, meninas! Antes de fazerem qualquer tratamento devem informar-se junto de profissionais que saibam o que estão a fazer ou que dêem um aconselhamento adequado!

 

 

 

Anúncios